29 de dezembro de 2015

#Vem2016

We Heart It
Essa semana acabou meu último semestre de faculdade - eu tenho falado exaustivamente sobre isso no twitter - agora só preciso finalizar meu TCC e tcharãn: Get a real job! O que ~teoricamente~ não deve ser mais difícil que sobreviver a cinco anos de Federal.

Enfim, só essa semana - pós Natal - que eu realizei que 2015 já era. Migxs, onde eu estava nos últimos 365 dias? Pensando bem, quando foi que 2015 passou? Porque eu nem vi.

Esse ano foi um bom ano. Na vdd, todo fim de ano é esse o meu veredito: foi um bom ano. Eu, obviamente, me desviei muito do caminho que eu tinha traçado - vide planos para 2015. Apanhei deeeeemais, aprendi bastante sobre resiliência, sobre dar a cara a tapa e sobre ser forte. Aprendi um monte de coisas, aliás. 

Talvez eu não tenha viajado para lugar nenhum, não li nem 1/3 do que eu pretendia, todos os limites da minha teimosia foram testados e expandidos; Com toda certeza do mundo eu trabalhei mais do que é considerável saudável, mas conheci muitas pessoas incríveis e toquei alguns projetos muito legais profissionalmente.

Aliás, esse foi o ano da minha jovem vida profissional e, possivelmente, o ano que eu menos dormir em 22 anos.

Confesso que eu tô meio perdida sobre 20156. Nos outros anos eu tinha um planejamento claro e objetivo para o ano seguinte (talvez não tão objetivo assim), mas agora essa sou eu, à deriva. É uma sensação esquisita para alguém tão metódica e controladora, mas essa é a primeira vez que eu vou "virar ano" com uma sensação de livro em branco. E isso é bem legal. Um pouco revigorante.

E um pouco assustador tb.

Ultimamente viver tem sido meio assustador, sem crise de vinte e poucos, nem nada, mas nos últimos anos eu tenho aceitado algumas coisas, crescido e me posicionado como ser humano. Assumi algumas posições, tomei alguns desafios e estou tentando parar de olhar o mundo com cara de assustada.

E olhando em perspectiva, finalmente, tenho outros 365 dias. Os quais eu só penso em dar um passo , de cada vez, no escuro e ver o que acontece.

Obviamente, logo logo, eu vou ter um planner digital com algumas diretrizes para o ano, mas por enquanto vamos aceitar a teoria de que eu sou corajosa.

Um comentário:

  1. Oi Lorena!!!
    Ahhh, mas o mais importante é que você aprendeu. Muito ou pouco, abrindo mão de coisas que ama fazer, mas nada foi perdido. Conhecimento é algo só nosso e eterno.

    Bom trabalho com o seu TCC, vai dar tudo certo.

    :**

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...