13 de dezembro de 2014

Cabelo, cabeleira, cabeludo, descabelada.

Nos últimos quatro anos, eu já fui ruiva, cortei na altura dos ombros, pintei de preto bem escuro, franjinha, tom chocolate, cabelão batendo na cintura, morena de novo, loirinha, franjão, loiríssima, cortei na altura dos ombros. E cortei de novo! Um Chanel (é, eu sou dessa época) bem clássico e acima da nuca.


Eu tenho o maior desapego do mundo a cabelo. Aliás, deixa eu te contar uma novidade: CABELO CRESCE! Eu tenho a sorte de amar de paixão o trabalho do meu cabeleireiro e mesmo super ansiosa, sempre fecho os olhos e embarco nas ideias dele! Aliás, estou redescobrindo agora a cor natural do meu cabelo depois de anos de coloração.

A questão não é exatamente como você usa seu cabelo, se ele é "ruim" ou "bom" - com aspas porque eu odeio isso de "cabelo bom/ruim" -, ou o que você faz com ele: O que eu estou querendo discutir é a opinião de todo mundo em relação ao cabelo da cabeça dos outros. 

Sim, eu digo que não gosto do cabelo de fulano ou ciclano porque é assim ou assado, mas nas últimas 24 horas tudo que eu escuto é "como você é corajosa" e a impressão que eu tenho é que as pessoas me vêem desse jeito:


Por que eu sou exatamente corajosa? Por ter tirado, finalmente, toda química do meu cabelo, coisa que eu considero extremamente difícil para qualquer mulher no mundo atual ou por ter saído dos padrões cabelo comprido que homem gosta para um curtinho básico que EU amo?

Eu não me considero feminista, mas sou plenamente ciente do meu egoísmo e, como vi alguma vez em SATC, "estou em um relacionamento comigo mesma a muito tempo" para me importar com o que os outros acham sobre meu cabelo ou sobre qualquer ponto da minha aparência fora do padrão que homem gosta.

É estupidamente frustante alguém dizer que não gosta de algo mim porque está fora do padrão social, mesmo que eu me sinta confortável assim. Mesmo que minha meta de vida não seja encontrar um HOMEM que queira casar comigo e isso nem deveria ser a meta de vida de ninguém (homem ou mulher), mas sim a consequência de encontrar uma pessoa bacana que te aceite de cabelo curto e havaianas. 

O que eu quero defender é o direito das pessoas serem quem elas são e fazerem o que elas gostam em qualquer sentido possível sem ser criticada por estar dentro ou fora do que a sociedade considera legal. Todo mundo tem um objetivo de vida e isso não precisa estar dentro na caixinha dos outros.

Sou corajosa? Sim! Mas por que eu tenho objetivos de vida, porque eu adoro o "meu estilo" e meu cabelo curtinho, porque eu tenho vontades além do que todo mundo considera aceitável. E sim, uma galeeera gostou do meu cabelo, e riu comigo e pediu o número do Pedro, eu estou apaixonada pelo que vejo no espelho e me sinto mais livre no meu dia-a-dia. 

Acredito fielmente que cada um pode e deve ser descabelado do jeito que bem entender e ninguém tem nada a ver com isso.

5 comentários:

  1. Concordo! odeio qualquer tipo de comentario desses que voce citou mas, o pior continua sendo "Homem gosta de mulher de cabelo cumprido "oi? deixa os cabelos deles crescerem então...

    ResponderExcluir
  2. Lorena,

    seu cabelo ficou ainda mais bonito! eu também não tenho esse apego enorme ao meu cabelo
    adoro cabelo curto. inclusive tinha feito um corte parecido com esse seu, mas meu cabelo cresce rápido e eu já estou louca para cortar novamente hahahahaha
    enfim, concordo com cada palavra que vc escreveu!

    abraços :*
    meuproximoerro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Geeente amei seu cabelo!
    Entendo bem o que você tá sentindo.Eu sempre tive cabelão comprido e cacheado...até o dia que enjoei do cabelo na cintura e cortei ele igual o seu.
    Eu morria de dó de deixar o cabelão enorme só preso em coque porque não era prático pra trabalhar.
    As pessoas falam "você é louca".Que mané louca,eu sou é desapegada de cabelo.Eles crescem rápido não tem porque disso tudo.
    Super apoio viu!
    Beijão,
    Karen de Souza
    http://maniademeninamulher.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Lorena, eu adoro a sua disposição em sempre estar experimentando coisas novas.. desde que te conheci (ainda virtualmente), sempre acompanhei suas mudanças, e em todas você ficou maravilhosa. E você tá certa em fazer aquilo que te convém e que te faz bem... você é corajosa por estar aqui, nos dizer tudo isso e assumir quem você é; em mostrar que se sente bem e feliz com essas mudanças. Você tá linda! Parabéns!

    Abraços,
    http://universoliterario.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Ai que máximo Lorenna! Vendo o seu desabafo cabeludo, rs, lembrei-me do dia que fui cortar o meu, também cortei Chanel, foi no final de 2013. Foi super tenso, confesso! Mas é uma ótima experiência, nos sentimos mais fortes e corajosas. Super amei, ficou lindo! Sucesso garota, bjs.

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...