25 de dezembro de 2013

Rotina


Eu preciso estar bem para escrever. Bem comigo, bem com a vida, de bem.

Não é qualquer dia que a gente, simplesmente, senta e escreve. E, na boa, como Jornalistas, Redatores e Escritores escrevem todos os dias?

Perde o encanto, sabe? A magia de sentar, pensar, rabiscar, apagar e dizer: "ah, esse não ficou bom. Depois eu tento de novo".

Posso me dar mil desculpas esfarrapadas para não seguir A carreira, mas de todas as esfarrapadas, essa é a menos rota: não posso escrever sobre qualquer coisa em qualquer dia.

Hoje eu escrevo sobre escrever... como na maioria das vezes. Esse é o meu amor não correspondido que todos os outros escritores escrevem todos os dias.

Talvez seja uma questão de criar uma rotina, mas tudo que vira rotina, se torna monótono e passa a ser obrigação. Não quero ser obrigada a fazer o que eu mais amo.

Entende?

Não. Nem eu mesma entendo essa necessidade de falar sobre o que não é essencialmente explicável, como vontades, como talentos, com rotina, como amor.

3 comentários:

  1. E se eu disser que entendo? haha ....
    Nas horas mais inusitadas, como a do banho por exemplo, me vem mil e uma palavras na cabeça, coisas que preciso por no papel aquele momento ou então pluft ela some! Escrever pra mim é coisa de inspiração sim, nem todos os dias eu estou assim, e tornar isso uma rotina pode vim a por tudo por água baixo mesmo, mas quero tentar. Já coloquei em mente esse lance de escrever - no meu caso no blog - uma vez por dia, e ver no que dá xD Mas pode ter certeza que te entendo sim viu!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Nossa. Eu sinto-me exatamente da mesma forma. E acabo de escrever mais ou menos algo do género. A minha vida tem exigido de mim tanto foco que escrever tinha tornado-se uma obrigação: "tenho que falar sobre alguma coisa". O problema é a fase seguinte; a gente abandona, porque já não é com amor. Mas aí é que está. Só temos esse impasse por ser algo de que tanto gostamos, mas precisamos achar um meio-termo entre o gosto e o compromisso. Não acha?

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  3. O básico dilema dos escritores. Relaxe amiga, todos nós temos esse momento de reflexão com as letras. Tô cursando Comunicação, o escrever de lá, não é o mesmo daqui. rs Também tenho medo de quando vir a ser minha profissão eu perder essa magia. A escrita é cheia de não me toques e ao mesmo tempo uma garotinha de dupla personalidade. Mas um dia aprendemos a lidar com ela. bjos gata. Feliz Ano Novo!!

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...