19 de janeiro de 2012

Crueldade contra animais, não!

Eu poderia postar um monte de fotos bizarras de animais mutilados. Poderia, mas não vou. Não vou porque quem ama animais sabe a dor que é ver o sofrimento dos bichinhos e essas fotos não vai fazer com quem faz isso a eles se sinta culpado. Ao invés disso, segue história de muita gente bacana, leitores do Alices, e seus animais.

Lorena Rocco: “Esse é o Pegasus. Como o do Hercules, mas sem as asas... Quer dizer, não vemos suas asas, mas a julgar pelas várias quase quedas que levei e pelas dores que sinto nas pernas depois de montar, ele deve voar em alguns momentos.
Pegasus pertencia a um amigo do meu pai e eu sempre disse, para quem quisesse ouvir, que queria ele para mim. Foi meio amor à primeira vista, ao menos da minha parte. Então, um dia o antigo dono dele disse que se eu o quisesse me vendia.
Não entendo de cavalos, monto muito mal e não consigo imaginar sensação melhor que montar a cavalo e toda a força e coragem que o animal lhe passa. Também não sei o passado que Pegasus teve, mas tenho certeza que desde que tenho ele em minha vida e em minhas férias na fazenda, não concebo a ideia de vê-lo sofrer.”


Paula Pinheiro: “Esse é o meu filho Ace (um shih tzu)! considero como filho, devido ao imenso amor que eu (e meu marido) sinto por ele; e pela diferença que ele fez ao entrar na minha vida.

O Ace tem 4 anos, é muito comportado e uma fofura comigo e com todos sempre; não tenho do que reclamar, só a se orgulhar de um cachorro tão lindo "quase gente" como ele.
Uma coisa curiosa que ele faz, é ficar sentado com a coluna reta, equilibrando-se, sempre quando quer sair ou quando quer pedir um pedaço do que a gente ta comendo.. rs.

E uma coisa engraçada, é quando eu chamo ele pra tomar banho; primeiro ele corre, esconde, depois quando eu chego perto dele, ele se vira de barriga pra cima, tipo fazendo chantagem emocional e quando eu finalmente vou pegá-lo, ele tenta me morder! rs.. E mais, quando eu finalmente pego ele e levo pra banheira, ele acha ótimo e não quer sair! Vai entender..

Tenho um peixe betta tb (Alejandro), mas ele é muito tímido pra fotos.
Eu converso muito com ele e ele reconhece a minha voz! abre as guelras e nadadeiras, faz graça e tudo mais. :) E se engana quem pensa que só pq ele é um peixe, eu o trato diferente do Ace! é o mesmo amor! rs..

Enfim, não entendo como existe seres humanos capazes de maltratar animais. Por mim, pessoas assim não merecem respeito ou consideração e devem ser severamente punidas. Amo todos os tipos de animais, mas os cachorros tem um dom especial de me enfeitiçar.. :) "






Bruno Souza: "Sentimos saudades de você, subindo nos sofás, nos olhando do cantinho da porta, dos seus miados incessantes durante a noite e da sua carinha fofa e peluda, linda e cheia de alegria.

Lembraremos sempre do seu primeiro pulo sobre a madeira da cozinha, seu primeiro banho, suas primeiras fotos e tudo de bom que você nos proporcionou. Sempre te amaremos..."







Natálya Laryssa: "Oi, essa coisa linda é meu cachorro Bórys. Ganhei ele da minha mãe de Natal, foi uma surpresa. Ele é tão fofo, assim como qualquer outro cachorro, seria impossível pensar em maltratar algum animal. O Bórys é tão elétrico, não para quieto, a não ser que esteja dormindo. Primeiro banho do Bórys, minha nossa ! Saiu correndo louco. Perfeito e louco esse cachorro."












Gardênia Araújo: "A coisaa már lindaaa e doida de titia,sem ele os meus dias ñ teriam graça. Foi amor a primeira vista,te amo meu MARLEY maluquete!! s2' *--*"












Fernanda Diniz: Esse é meu gato Murilo Diniz, mas que nosso bichinho de estimação é um membro da família!! Amo Muito ele!







Francyelle Ferreira: " O que falar de um amigo que até seus sentimentos o atinge? Não tem o que falar né, verdade?

Pooh é da raça poodle toy,de pelos encaracolados, tem seis aninhos, muito simpático, guloso, e detesta atividades físicas. Provavelmente algumas dessas características são decorrente do nome dele. Ah! Não posso esquecer de comentar que ele adora brincar com um jacarezinho de pelúcia. Meu cachorrinho é uma graça, sou loucamente apaixonada por ele..."




Julia M. Possa: "Quando eu ganhei a Minerva, ela era ainda bem pequenininha. Eu já tinha tido alguns animais de estimação antes. 

Certa vez eu tive um cachorro vira-lata e ele era meio que não simplesmente grande; o Spaik era gigaaaante! Sabe o que é uma menina de poucos anos com uma mochila vermelha nas costas e um cachorro quase o dobro do tamanho dela caminhando pela rua? Nós éramos assim. Infelizmente, depois disso fui obrigada a adotar ele para uns caras que moravam no interior e nunca mais o vi. 

Se fosse hoje, eu JAMAIS teria aceitado isso. Naquela época, eu ainda era dependente de meus pais e eles perceberam que Spaik era grande demais pra mim. E essa foi a primeira maior tristeza da minha infância. Depois do Spaik, eu tive a Bonnie. Ela durou uma semana comigo. Morreu de pequenininha que era e porque ficou doente. Foi bem triste.

A Minerva foi outro caso. Eu ganhei de uma colega minha. Siamesa, pêlo branquinho e olhos azuis. Ahhhh, ela era perfeita. Infelizmente, era demasiado mansa. Todo mundo podia encostar nela, todos podiam pega-la. Até que um dia, durante um dos seus passeios noturnos, a Minerva sumiu. Acredite, eu procurei por ela por toda a parte, fiquei muito triste, muito mesmo. Até que cheguei a conclusão que ela tinha sido roubada. Gatos de raça são muito procurados aqui na região então ninguém perde a oportunidade de pegar um quando tem chance, né? Acho que foi crueldade. 

Animais de estimação são preciosos aos seus donos. Não gostei de ter me livrado de nenhum dos animais que eu já tive, e olha que não foram poucos. Desde um porquinho da Índia, até uma tartaruga, todos foram especiais pra mim. Até porque, animais de estimação não se tornam SOMENTE animais de estimação. Se tornam amigos. E ninguém gosta de perder um amigo."



Esse post representa meu apoio à campanha CRUELDADE NUNCA MAIS! Descobrir o movimento através do blog Gatoca, da Bia Levischi.


Como já li no Gatoca varias vezes, cuidar dos direitos dos animais é como enxugar gelo no deserto, mas se todos lembrassem que animais são seres vivos e sofrem como qualquer ser humano, não haveria deserto. E essa é a minha forma de convidar vocês a participarem da manifestação contra a crueldade animal.

Haverá uma manifestação reivindicando a PENALIZAÇÃO CORRETA E EFETIVA PARA QUEM COMETE CRUELDADES E MAUS TRATOS AOS ANIMAIS, dia 22 de janeiro, domingo, em várias cidade do Brasil, Inglaterra e EUA. Lista completa aqui. Vou estar viajando nesse dia, mas farei de tudo para comparecer ao evento de Salvador.

Aqui em Aracaju, existe a Adasfa São Francisco. Uma ONG que recolhe cuida de animais abandonados. Um trabalho lindo, que pode ser acompanhado no site e pelo Facebook.


Os leitores do Alices que comparecerem a manifestação em alguma cidade, manda a foto para agente!  Na Fanpage ou para o email: lc.rocco@hotmail.com

E mais uma vez obrigada ao pessoal que atendeu meu pedido nas redes sociais do Alices e compartilhou seu Amor Animal! 

8 comentários:

  1. AAAAh, amei o post, ficou lindo!
    Você sabe que sou apaixonada pelo Mil Alices, né?

    Obrigada pela honra de me incluir no post! *-*

    ResponderExcluir
  2. Tenho dois DOGS aqui, ainda vou fazer uma campanha "Animais de estimação não maltratem seus donos" huahauaha tipo me acordam pulando na minha cama e acabando com a minha cabeleira sexy, me mordem, ficam fazendo a cara mais TENSA do mundo quando faço alguma besteira tipo, não acredito que esse ser é o meu dono...

    ResponderExcluir
  3. Também sou contra crueldades com os animais, mas acho que as Ongs devem considerar que nem sempre o circo maltrata os animais. Pelo contrário, existe um grande interesse em tirá-los do circo para serem colocados em zoológicos ou recintos particulares.

    bjs e fique com Deus

    ResponderExcluir
  4. Amei o poste, me trouxe recordações dos meus dois cachorrinhos que hoje não tenho mais, =/. Para mim quem maltrata animais não é gente, é um lixo!
    beijos flor!
    http://nacaoesmaltada.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. post brilhante, adorei os depoimentos e as fotos. Toda vez que eu vejo foto de cachorros maltratados eu me lembro da minha cachorrinha, não sei como podem fazer isso com animais, é tão doente.

    ResponderExcluir
  6. Que lindo esse post, ainda mais porque o Bórys saiu aí.
    Adorei.E sobre maltratar qualquer que seja o animal, acho que absurdo é pouco pra falar do que essa gente faz.
    Resumindo, adorei o post e sempre acompanho o Mil Alices.
    Beijos :D

    ResponderExcluir
  7. Que lindo o post! Um depoimento mais legal que o outro.
    Que coisinhas fofas esses animais não?
    Acho que todo mundo deveria fazer um pouco pelos animais. Nem que seja cuidar com amor daqueles que a gente tem, sabe? Pegou pra cuidar, então cuida direito! É o mínimo que uma pessoa pode fazer.
    Eu ajudaria mais nessa causa, mas é difícil... os custos são muito altos. :/

    Um beijo,
    Luara - Estante Vertical

    ResponderExcluir
  8. Oi Lorena,

    O post ficou lindo, alem de muito bom!
    Eu super apoio essa manifestacao! e odeio com todas as minhas forcas toda pessoa que maltrata um animal.

    Se eu pudesse, eu teria uma fazenda, quase um zoologico, so pra cuidar de todos os animais que eu encontrasse pelo meu caminho ;]

    Lindo seu Pegasus e todos os outros que apareceram aqui :)

    Beijos!!!!

    PS: Eu e o Ace adoramos ter participado ;)

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...