1 de dezembro de 2011

Jingle Bell?

Não gosto de fim de ano. E não lembro de já ter gostado. Lógico que quando criança presentes de natal me encantavam, mas nunca gostei de nada mais que isso e das férias.

Esse blábláblá de jingle bell, neve falsa, sorrisos largos e encontros de família não me atraem. Não me encantam, na verdade, cansam. Acho tudo tão falso, consumista e despropositado!

As pessoas deixam para fazer no fim do ano tudo que não fizeram antes, só Deus sabe o porque: viajar, comprar roupa, pintar a casa, juntar a família e dizer que ama. Alguém me explica a diferença de fazer isso em dezembro, abril ou agosto?

Quem trabalha – infelizmente, não é meu caso – recebe milhões de bonificações não sei de onde. Quem namora – meu namorado inexistente passa esse mês ajudando o papai Noel com as renas – fica ainda mais meloso. Avós declaram-se a netos que veem apenas uma vez no ano... E as lojas ficam cheias de compradores histéricos e vendedores cansados.

Eu começo a achar que a faculdade não tem me feito, socialmente falando, bem. Este ano estou mais irritadiça e intolerante com o clima natalino. Até porque, como administradora, sei da força que o marketing e o consumismo tem sobre o Natal. E me recuso a cair nesse truque.

Réveillon ainda me convence. Gosto da promessa de novidade, mas sempre durmo antes da meia-noite. Em todos os anos que lembro estou em casa vendo especiais ridículos da rede globo ou na fazenda morrendo lentamente congelada sobre a serra. Enfim, não é legal.

E assim eu começo Dezembro de 2011. Mais uma reflexão sobre o proposito desse mês.

3 comentários:

  1. Hey Lorenna!
    Pode deixar que eu coloco o banner sim! Que bom que gostou, eu penei muito pra conseguir ficar do jeito que eu queria *---*

    Você pode me mandar o teu MSN? Assim, quando quiser pode me pedir as coisas por lá mesmo. Ou Facebook, como preferir.

    A propósito, concordo contigo nesse post. Fim de ano é falsidade do caramba. Enfim achei alguém que pensa como eu!
    Até mais!

    ResponderExcluir
  2. Esqueceu também de mencionar vendedores satisfeitos com sua comissão. rs Bem, gosto sim do natal, sempre me encantei com as luzes do pisca-pisca; a minha familia, em particular, sempre encarou o natal com a sua verdadeira mensagem. É uma data escolhida pra comemorar o nascimento de Jesus Cristo. E é por isso q as pessoas se lembram de familia, de amor, de solidariedade, de bonança, de alegria. Claro que o comércio usa isso como tática de vendas. No final, todos lucram.
    Sempre foi no Natal que as desavenças familiares de fecharam. E isso é importante pra familia.
    Experimente passar o reveillon no litoral, numa praia, de preferencia a compainha de amgos, familiares ou namorado. É bom, muitoo bom. rs. bjooos amr. ando meio sumida, eu sei. rs Vou por seu link sim. ;)

    ResponderExcluir
  3. oie!
    concordo em partes com você... acho que não faz sentido deixar para fazer estas coisas só em dezembro, mas acho legal que PELO MENOS as pessoas fazem isso em dezembro. acho que esta época do ano vale por isso, pois as pessoas ficam mais amorosas e mais prestativas. mas seria melhor ainda se as pessoas fossem assim todos os meses do ano. mas enfim... o ano novo pra mim tem o mesmo efeito. as pessoas parecem que se motivam mais para fazer as coisas... novas resoluções, novas promessas! pelo menos tem uma motivação positiva, né? que todo mundo consiga tirar proveito disso! eu também não fico acordada até tarde, mas quero ver se consigo mudar isso a partir desse ano... quero e preciso fazer coisas para me deixar mais animada! 2012 promete e TEM QUE SER melhor! :)
    beijo, beijo!

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...