14 de maio de 2011

Sobre família e futuro

Vivemos a proferir e pronunciar que Nunca faríamos isso ou aquilo. - Nunca com ‘ene’ maiúsculo mesmo, para definir a intensidade da pronúncia. – Mas, não podemos designar com tamanha precisão o que faremos pelos próximos, sei lá, cem anos. Definimos princípios e objetivos, mas ações e escolhas são tão complicadas.

Não é difícil voltar às lembranças e recordar o que toda criança sempre diz: ‘Eu nunca vou namorar!’. Nunca mesmo? Eu nunca comerei salada, tomarei chá ou estudarei mandarim. Nunca sairei com fulano, o beijarei ou casarei com aquele cara. Imagine se sua mãe tivesse cumprido todos esses ‘nuncas’ e você não estaria lendo essa crônica.

Não podemos prever com quem passaremos o resto – ou boa parte – de nossas vidas, não costumamos anotar nossos nuncas irresolutos. Não prevemos se nossa família será igual a do comercial da margarina ou se nossos filhos serão nossos melhores amigos. Nada disso é programável.

Pior de tudo é que essa falta de clareza e instabilidade nos assusta, afasta e amedronta. Amamos – invariavelmente – nossos pais, mas nem sempre eles são modelos confiáveis a serem seguidos. Temos a escolha, o livre-arbítrio, para decidir quem e como queremos ser.

Escolhas não são ultimatos programáveis. São voláteis e o que na década de 50 parecia o príncipe encantado se transformou em sapo no século XXI, mas o amor e comprometimento com aquela pessoa perduram. A imagem projetada há 30 anos mudou, as prioridades mudam.

A essa altura não sei mais onde quero chegar com tantas palavras, o fato é que tudo muda, inclusive você. Ninguém é perfeito. Temos escolhas. Damos nossos próprios passos e independente do que seus antepassados fizeram você escreverá uma nova história. Sua história será diferente da história dos seus pais e seus filhos não serão iguais a você.

Demorei a entender certos pensamentos, outros diálogos e muito do que ouvi. Demorei a perceber que cada um é cada um e que posso galgar caminhos diferentes. Demorei, mas tá ai.

Em uma conversa outro dia eu e minha amiga @drikaaguimaraes falamos – mais ou menos – sobre isso. E praticamente por exigência dela virou crônica, que virou post. Espero que vocês se identifiquem.
=*
@lorenarocco

6 comentários:

  1. Flaou bem do assunto. Tudo muda. Inclusive eu...
    Bom finalde semana.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Thiago Pinheirodomingo, 15 maio, 2011

    Realmente....ate q ponto somos seres ativos?ate q pontos podemos planejar toda nossa vida,se nos vemos,nós proprios mudando o tempo todo,em todo esse processo q se chama vida?So n adorei muito sua conclusao,mas ta otimo!bjj ;)

    ResponderExcluir
  3. Devemos mudar de valores compreendendo que os princípios sempre serão os mesmos,se não acabamos "coisificando" tudo.

    ps:odeio quem coloca link de blog no fim dos comentários...mas falei sobre família no meu blog,sobre outro parâmetro, gostaria de saber sua opinião,gosto de pessoas de idéias claras,assim! ^^

    http://livresemcarcere.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Gostei do texto Lorena.
    Eu como virginiana sou mto perfeccionista, entao gosto mto de programar (ou tentar) tudo!
    E quase sempre, nao sai como eu programei, sai melhor qdo nao da certo com minha programacao.
    Entao eu ando deixando nas maos de Deus mesmo! sem mtos planos, porem com sonhos.
    Deixando ele fazer a parte dele e eu fazendo a minha.

    Mudancas as vezes sao essenciais, outras vezes fundamentais, mas tudo na hora certa.

    O bom eh isso, poder mudar sempre! ser diferente um do outro, pensar diferente, fazer diferente ;]


    Beijos, boa semana

    ResponderExcluir
  5. Ótimas palavras...
    Achei o texto muito bom!

    Beijos.

    www.consumisse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Quando criança odiava tomates e depois fui aprendendo a ama-lo. Mudar as vezes é bom, quem não muda permanece como um monumento de museu. Antepassado, velho. Podemos mudar sempre, sem perder nossos valores. É a vida.
    rs


    Bjoo.

    ResponderExcluir

Visito todos que comentam, caso o link de retorno não esteja funcionando pode anexa-lo no fim do comentário. Sem SPAM, por favor.


Pulando as interjeições...
Solte o verbo, os pronomes, adjetivos e substantivos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...